Turismo ocupa posição de destaque na economia catarinense.

Com um número estimado de 16,3 milhões de visitantes em 2019, o turismo ocupa posição de destaque na economia catarinense. O setor responde por 12% do PIB estadual e R$ 630 milhões em arrecadação de ICMS em 2019. A movimentação econômica induzida pelas atividades turísticas, entre 2018 e 2020, foi de aproximadamente R$ 33 bilhões, conforme levantamentos da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) e Fecomércio, considerando a ocupação hoteleira, visitação a atrativos e realização de feiras e eventos.

Além das cifras positivas, o estado tem a seu favor a imagem de qualidade e segurança dos produtos e destinos turísticos, reconhecida com inúmeros prêmios, como o título de “Melhor Estado Brasileiro para Viajar”, da revista Viagem e Turismo. Santa Catarina conquistou o troféu 12 vezes e por anos consecutivos em várias ocasiões. As 13 regiões turísticas abrigam perto de 400 atrativos de destaque e quase 3,5 mil pontos turísticos, conforme mapeamento realizado pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam).

De acordo com estudo da FGV sobre os impactos da pandemia no turismo, as atividades somente retornarão ao nível próximo da normalidade em meados de 2021, isso se situação estiver estabilizada até julho de 2020. Com a retomada, o setor deverá crescer 16,9% ao ano até 2022 e 2023 para compensar a perdas estimadas em R$ 116,7 bilhões no biênio 2020-2021 em todo o Brasil.

Jefferson Jornalista colunaonline@gmail.com  – Foto-Markito-Santur

Compartilhe!!

Jandir Lautert

Editor Chefe Especialista em reconhecimento pessoal e empresarial, no Sul do país e Mercosul, em eventos sociais e empresariais e premiações importantes SÌMBOLO produções

error: Content is protected !!